Como vocês enxergam um usuário de drogas???? Cafageste, sem vergonha ou um doente????

56 mensagens
  • Muitas são as opiniões sobre os usuários de drogas; inclusive há muito tempo os mesmos são chamados de drogadictos, termo este usado por médicos e especialistas no assunto. A sociedade tem várias formas de encarar os usuários, por isso, estou levantado esta questão. Qual a sua opinião????

    Por Fernando - Dezembro 31 2008
  • Paula escreveu - Outubro 07 2013

    vejo como um dependente quimico

  • Paulo Roberto escreveu - Outubro 26 2011

    Uma pessoa que não tem o conhecimento de Deus, porq quando temos esse conhecimento e levamos a sério dificilmente cometemos atos que venha a prejudicar principalmente a nós mesmo e a terceiros.

  • Marco escreveu - Julho 13 2011

    um doente que precisa de ajuda

  • Lindaura Vieira Da escreveu - Julho 04 2011

    nada na vida é por acaso ou sem razão,por isso opino que seja fraqueza e mais precisamente após seu estágio, sua desenvoltura, doença.

  • Marlene escreveu - Junho 25 2011

    Eu enxergo como um doente,fraco espiritualmente e q não tem força para enfrentar os desafios da vida, precisa de ajuda de Deus e apoio total da familia.

  • Elizabeth escreveu - Janeiro 27 2011

    A adicção é sim uma doença que aprisiona fisicamente, espiritualmente e emocionalmente a pessoa e todos(as) que convivem com ela (familiares e amigos). Pelo que tenho lido e acompanhado em grupos de ajuda, normalmente existe algum ou alguns fatores que levam o adicto a se tornar dependente da droga (alcool, cocaína,maconha, medicamentos tranquilizantes, etc...). Muitas pessoas fogem de uma realidade a qual não aceitam, não se aceitam ou não aceitam a sua condição e isso desencadeia disturbios, fobias, neuroses, síndromes que pensam poder solucionar utilizando as... Veja mais drogas. Estão, sim arranjando mais problemas. São pessoas que perdem as suas expectativas pessoais, sonhos, enfim, acabam desenvolvendo um comportamento anti-social, de isolamento. Eu sinto muito quando a escolha de um ser humano é a droga e acho sim que a ajuda deve ser da família, dos amigos, da sociedade. O NAR-A-NOM é um grupo de familiares e amigos de adictos que se reunem semanalmente com o objetivo de partilharem, e se ajudarem, para poder ajudar aos adictos. Essas pesssoas que convivem, sofrem e se fragilizam com os altos e baixos dos adictos. Se vc conhece algum familiar ou amigo que está sofrendo por um adicto, AJUDE-O. Oriente-o a buscar forças e orientação no NAR-A-NOM. Este grupo é de auto-ajuda e de ajuda ao próximo. O NAR-A-NOM existe no Brasil e em vários países. Lembrem-se: ninguém está livre disso!!! ver menos

  • Katia escreveu - Janeiro 06 2011

    Um ser humano que necessita de orientação, acolhimento e amor.

    A droga entra na familia para revelar a "falencia na familia e educação).

    Precisamos lembrar que qualquer um de nós, pode cair nas armadilhas das "drogas".

    Drogas da : VIOLÊNICA DA PALAVRA, VIOLÊNCIA FÍSICA, SOBERBA, MENTIRA, GANÂNICA etc.

    Sei que o comentário é... Veja mais realmente sobre a droga ilícita, mais e as drogas ilícitas.

    BEBER, FUMAR é tão grande droga como a cocaína, heroina etc.

    Trabalho nessa área e o mais dificil para largar é BEBER e FUMAR

    Pense nisso! Boa tarde

    Se voce fuma ou bebe, desafio voce largar o vício e vê se consegue?

    A droga também é problema espiritual.

    katiarumbelsperger@ig.com.br

    http://katiarumbelsperger.blogspot.com

    A ação é de superação, para vencer todos os gigantes!
    Qual será o nosso gigante? JULGAMENTO??????? ver menos

  • Maria Gicele escreveu - Dezembro 27 2010

    Não temos como qualificar pessoas que não conseguem sair do vício das drogas. Tudo pode ter tido início na infância, dependendo dos pais (se eram ou não viciados em algum tipo de droga, não necessariamente), então a criança já tem LATENTE essa TENDÊNCIA para a fase adolescente. Pode, juntamente com isso, ter sido criado num lar DESESTRUTURADO, sem AMOR, sem OBJETIVO, sem PAZ e SEM DEUS! Pais desalmados geram filhos frustrados e mais desalmados ainda. Quando não investem contra os outros, investem contra si mesmos, como se quisessem SE PUNIR... Graças a DEUS devem dar aqueles... Veja mais que NUNCA cairam nessa e que NUNCA tiveram um membro de sua família nessas condições, pois aí iriam entender e NÃO JULGAR... AJUDAR é a palavra chave da questão, se não diretamente, pelo menos em ORAÇÃO. ver menos

  • Fernando escreveu - Dezembro 26 2010

    Bolsa família! Por que não bolsa droga? O viciado gasta muito dinheiro com as drogas.Alimenta o crime organizado incluindo marginais, policiais, políticos e gente de "bem". Grande parte do aparato policial existe em função das drogas..Clinicas especializadas tb. Religiosos, médicos, psiquiatras, bombeiro..e uma multidão vive do negócio da droga...Quero a bolsa droga que como a bolsa família deve ser outra droga..

  • Rodolpho escreveu - Dezembro 06 2010

    TRABALHANDO EM COMUNIDADE DE ASSISTENCIA A USUÁRIOS APRENDÍ QUE AINDA POUCO SE SABE SOBRE OS EFEITOS E DEPENDÊNCIA DE DROGAS. VI JOVENS A IMPLORARA AJUDA, A BUSCAR IGREJAS, E ATÉ SE INTERNARAM EM CLÍNICAS QUE MUITO PROMETEM E POUCO REALIZAM, ISSO QUANDO SUAS FAMÍLIAS PODEM ARCAR COM IMENSAS DESPESAS. NA ÁREA DIGAMOS DA RELIGIÃO, CANTORIAS, ORAÇÕES E REZAS NÃO DESINTOXICAM NINGUÉM. MAS É UMA BENGALA FRÁGIL, DE APOIO.ALGUMAS CLÍNICAS ESTÃO MAIS PREOCUPADAS COM FATURAMENTO DO QUE COM A CURA. EXISTEM FAMÍLIAS QUE AS BUSCAM PARA SE LIVRAREM DA VERGONHA E PERCALÇOS DE TER... Veja mais UM DROGADO EM CASA. NA "RESACA" DA DROGA E DOS ACONTECIMENTOS NEGATIVOS, QUASE TODOS QUEREM "LARGAR". E, AS VEZES, SÃO SINCEROS. MAS A DEPENDÊNCIA FALA MAIS ALTO E A MAIORIA REINCIDE.O GOVERNO CENTRAL POUCO OUI NADA AJUDA SALVO EM CAMPANAS QUE NEM SEI SE MAIS DIFUNDEM OU EDUCAM SOBRE DROGAS.O DROGADO É UM MARCADO: NÃO ARRANJA EMPREGO, NÃO É ACEITO VERDADEIRAMENTE E DE NOVO EM SEU ANTIGO GRUPO SOCIAL SE SENTE ABANDONADO E SEM APOIO MESMO DEPOIS DE TRATAMENTOS. MUITO SE FALA, MUITO SE GANHA SOBRE O TEMA E POUCU SE FAZ. AS CRACOLÂNDIAS ESTÃO AOS MONTES POR AÍ. POLÍCIA NÃO É REMÉDIO CONTRA DROGAS. POLÍCIA TEM QUE REPRIMIR TRAFICANTES E DISTRIBUIDORES. QUEM TEM QUE ASISITIR DROGADOS É O GOVERNO E LE NÃO FAZ, EFETIVAMENTE, ISSO. QUANTAS CLÍNICAS OFICIAIS VOCE CONHECE? NENHUMA!? - DROGA É DOENÇA, É DEPENDÊNCIA PRECISA DE TRATAMENTO, ACOMPANHAMENTO E ENCAMINHAMENTO PÓS-TRATAMENTO. EMPREGO, SAUDE, FAMÍLIA.DEU PARA ENTENDER, OU QUER QUE EU EXPLIQUE? ver menos

  • Fabiana escreveu - Novembro 14 2010

    uma pessoa doente

  • Hortencia escreveu - Novembro 13 2010

    eu vejo o usuario de drogas como uma pessoa doente que precisa de ajuda, as drogas saõ refugio para essas pessoas, que estão fugindo de algo que elas nem sabe o que e

  • Virginia escreveu - Setembro 09 2010

    jose luiz santos, Concordo com vc. é facil criticar quando não se tem na familia um dependente.
    Somente quem passou por uma situação dessa sabe como é dolorido o processo.
    Que Deus Ilumine a todos.

  • Virginia escreveu - Setembro 09 2010

    Acho importante abordar esse assunto, só assim podemos aprender o que é um drogado, e como ajuda-lo.

  • Raimundo Vicente De escreveu - Maio 19 2010

    Rosana Thomas,bem colocadas suas palavras,com às quais concordo plenamente,mas existe um lado prático das coisas:para quem os traficantes venderiam drogas se não houvessem viciados? Acho que devem ser tratados e reeducados com carinho,também devem sofrer as penas previstas na lei quando cometerem desvios destas,pois se todos somos responsáveis, eles também os são,entenda,não deveram ser punidos apenas por serem viciados,mas ao cometerem um delito.

  • Elza Pereira escreveu - Abril 08 2010

    O usuário de drogas é um doente e como doente deve ser tratado. Ninguém julga um doente de câncer, diabetes etc., porém, um adicto é considerado escória da sociedade. E seus pais são rotulados de que não souberam educar seus filhos. Nem todos os dependentes são traficantes como nem todos os padres são pedófilos ou médicos ginecologistas são abusadores de suas clientes. É uma doença que necessita de tratamento multidisciplinar. Deve haver uma divulgação correta desde a infância para que não inicie.

  • Fabiana escreveu - Janeiro 24 2010

    um doente

  • Lia escreveu - Janeiro 24 2010

    Eu concordo que um usuário de drogas seja um doente.Mas somente o próprio usuário tem que ter opinião e força de vontade de parar.A pessoa que pôs o cigarro,álcool,bebida,droga.... na boca teve a decisão de usar e tem que ser a mesma a querer parar.Pois eu não posso falar para vc que usa tal droga que te prejudica ,vc que usa sabe que faz l(não para vc,mas para seus familiares).Eu não uso e nunca usei,já me falaram que sou brega,fumar é legal,essa bebida é fraquinha prove,mas a minha decisão foi dizer NÃO PARA AS DROGAS.pois bem prefiro ser brega a ser uma pessoa que faça minha... Veja mais família sofrer e olha que nós procuramos ajudar mas .....a decisão de parar é sua.Que aí sim poderemos te ajudar !!!bjs.****pense bem só vc tem a decisão de continuar ou fazer os que te ama sofrer*** ver menos

  • Janir Amorim escreveu - Julho 28 2009

    Vejo o usuario de drogas como uma pessoa sofredora, amargurada e sobretudo incompreendida.É um doente e como tal precisa de tratamento, da ajuda de proficionais e principalmente da família.
    Sou uma mãe que lutou 27 anos com a dependencia quimica de um filho, e nunca o abandonou. Hoje trabalho com dependentes quimicos e suas familias dando a eles o mesmo apoio que dava a meu filho.

  • Corrinha escreveu - Julho 22 2009

    só quem está lá dentro sabe exatamente porque entrou... acredito que não deveria haver preconceito em relação à quem usa, mas sim projetos ou coisa parecida para que o consumo diminua, muitas veses alguem torna-se usuário por motivos fúteis, outros não por falta de opção, etc.
    cada usuário tem a sua razão para estar lá, é ruim? É, obvio, mas eu não julgo de maneira alguma essas pessoas, logo pois, alguns procuram saída...o viciado é uma pessoa como todas as outras!

  • Manoel escreveu - Julho 22 2009

    Manoel Oliveira Nunes escreveu 23 julho de 2009
    Eu enxergo um viciado em como uma pessoa fora do mundo, pois esta é a verdade, nos temos que ajuda-lo, aconselhando a fazer um tratamento especial, e não julgar que é isso ou aquilo, pois ele é tambem um filho de DEUS, devemos trata-lo com carinho, com amor, pois não sabemos o dia de amanhã, pois JESUS disse, não julgueis para não seres julgados,so JESUS pode julgar,e nos temos que,procurar ajudar, e não destruir aquilo que ja está quase destruido, que é a pessoa que usa drogas,vamis ajuda-los IRMÃOS.

  • Marina Aparecida escreveu - Abril 24 2009

    um ser com uma dificuldade maior em termos de evolução , não nos cabe julga-los mas sim despertar em nos a consciencia de que não somos melhores que eles ,que estamos sujeitos a passar pela mesma situação direta ou indiretamente , como nada é por acaso acredito que atraves dessa fraquesa deles todos deveriam silenciar e buscar em nosso intimo o que devemos modificar em nosso dia a dia com nossos familiares, amigos com a sociedade em geral em termos de convivência ; sera que estamos sempre corretos e justos? eles ainda existeem para nos ensinar a não fazer o errado.

  • Rodolpho escreveu - Abril 24 2009

    A questão das drogas é muito mais complexa do que aqueles que não tiveram este problema na família possam imaginar Inicialmente,a família custa descobrir que um de seus m,embros se tornou usuário. Geralmente se iniciavam com a maconha, hoje com o crack.Mil vezes mais destruidor. Explicar a razão inventada por quem se droga é fácil. Difícil é acertar em uma lógica. Os tratamentos oferecidos, são muitas vezes através de comunidades religiosas que publicam seu empenho mas não publicam resultados efetivos. Explico: quase nunca, propiciam tratamento inicial de... Veja mais desintoxicação e, muitas vezes, nem oferecem psicologo acompanhante. Algumas crínicas, recebem subvenções oficiais e se tornam meio de vida de seus propietários. os deogados? Ora, os drogados. Que se fodam. Na base de reza e orações, de cantorias e leitura de Bíblia, ninguém se desintoxica e logo, ao sairem, sem opção de emprego, quse sempre sem mesmo nível ´pofissional, voltam depressa a vida antiga. Tratamento em boas clínicas é coisa para poucos, algumas delas custam até mais de mil reais ao mês! E o governo? Ora, o governo. A polícia diz estar interessada naquele que planta e distribui. Drogado, como me disse um delegado, é um problema mais da família. Ou seja, a autoridade sai de fininho. Conhece alguma clínica, de boa qualidade, mantioda pelo governo, seja este municipal, estadual ou federal? Ou só conhece aquelas onde o viciado passa o dia mais ocioso do que ocupado e onde quse sempre, terceiros lhes levam a droga que desejam? Viví e vivo e participo com o intuito de, debalde, ajudar dois caos de pessoas de maiores afinidades e amizades. Um destes caso já passou por três comunidades, duas religiosas, uma psiquiátrica, daquelas que recebem mensalidades para tirar entre drogados, também dementes do seio da família, e que recebem por isso de entidades ou orgãos oficiais. Já esteve além destas oportunidades, em uma clínica tipo "só o amopr conjstrói". Tudo debalde. Ao sair fazem mil promessas e nos parece que tudo, enfim vai ser melhor. Logo se encontra com um xe-colega de drogas e começa tudo de novo. Em minha cidade, tem até mototaxista que só trabalha a noite e que se dedica no levar drogados até as bôcas que conhece. Um inferno! Muitos comentários e pouca ajuda efetiva. ver menos

  • Taina escreveu - Abril 14 2009

    Poo uma Droga Que eu Gosto e Sexo E Rua mais isso naum e o tipo de Droga quee vc Achão Mais isso Droga naum e Serto naum mais queem usa tinha que pior a cabeça no lugar cara
    ^^

  • Anderson escreveu - Abril 14 2009

    cada um tem sua opniao
    eu gosto muito e é só
    f
    u

    i

  • Cassia escreveu - Abril 08 2009

    Eu vejo o usuário como um doente, alguém que precisa de ajuda, mas que somente terá esta ajuda quando realmente quiser. Não devemos julgar, muito menos discriminar, o dependente químico é alguém que em algum momento da sua vida, não conseguiu ultrapassar a barreira da sua insegurança,dos seus medos, achou melhor viver fora da realidade, ou então acreditou ser forte demais e resistiria ao chamado do corpo para a próxima dose, e a próxima e a próxima dose...também creio que eles precisam de amor e carinho, um ouvido amigo que ouça, e não critique, pois eles nada ouvem, nada... Veja mais enxergam, talvez com este ouvido amigo que nunca os critica, eles realmente auçam a sua própria voz, e esta talvez soe como a um grito de socorro e daí a cura... por que a cura está
    em cada um... ver menos

  • Jose Luiz escreveu - Abril 07 2009

    falar dos drogados e facil,,,criticar , tacar a primeira pedra e facil , mais so uma pergunta para tds,,, o que vcs ja fizeram para ajudar algum drogado??? sou um ex-viciado e ninquem ,ninquem me perguntou gdo usava se eu queria para , se eu precisava de ajuda, entao antes de criticar falar besteira , pergunte a algum drogado se ele precisa de ajuda,se ele quer sair das drogas, como a angela bem dize , e uma prisão ,muitas vezes perpertua , tente ajudar tente amar , talvez um dia mudem algum drogado e vc se realizara muito mais que , so criticar e falar besteiras.

  • Angela escreveu - Março 29 2009

    Sinto amor por eles porque um viciado é alguém aprisionado.
    E viver em prisão, numa prisão psiquica e fisica como esta
    não deve ser fácil...

1 2 »
Diretório A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z